Início > indy > JK, o teste e a conquista

JK, o teste e a conquista

PEDROCK ROCK CITY – E o Jean-Karl Vernay, heim? Vai testar pela Conquest na próxima segunda-feira (31), em Sebring, sempre Sebring, na Flórida. O francês, atual campeão da Indy Lights — e 2010 foi o ano de estreia de JK –, vai andar com um dos piores carros da categoria. Mas acho válido. Muito válido. Será o primeiro contato do piloto de 23 anos com um carro da categoria.

Vernay feliz com a conquista da Indy Lights em 2010

Ex-piloto da Red Bull — o que mais tem nesse mundo é ex-piloto da Red Bull e funcionário na prefeitura de Pedreira — não está garantido na Indy para esta temporada. Pra dizer a verdade, o nome de Vernay nunca foi ligado a equipe nenhuma nos rumores desse início de ano. Esse teste dá muitas esperanças para o piloto. E esperança é a única coisa que ele pode ter no momento. Ou não.

E, caso o francês consiga uma vaguinha na Indy em 2011, ficará comprovado que os esforços da categoria para graduar pilotos da Indy Lights têm dado bons resultados. Raphael Matos, Alex Lloyd e JR Hildebrand são os três últimos campeões da categoria — antes de JK –, e todos eles já conseguiram lugar na Indy. Matos disputou duas temporadas, mas já dançou e não deve continuar na Indy. Lloyd deve permanecer na Dale Coyne após um ótimo ano de estreia em 2010, sendo o novato do ano. E Hildebrand, campeão de 2009, estreia de vez na categoria em 2011, pela Panther, após algumas corrida pela Dreyer & Reinbold.

Ainda teremos o diabético Charlie Kimball  em 2011. E, muito provavelmente, James Hinchcliffe, o vice de Vernay, que deve fechar com a Newman/Haas. Hinchcliffe é um dos principais talentos do futuro da Indy, mas isso explico em um outro post. (Assim que a NHR o confirmar).

Que Vernay entre na categoria. [Vai acrescentar muito. E que Hinchcliffe entre também. E que a Lights volte a ser o celeiro de grandes talentos da Indy.

Anúncios
  1. 27/01/2011 às 18:30

    “Que Vergne entre na categoria.” – Pô, coitado do cara. Deixa ele entrar na Fórmula 1 primeiro, heh.

    Jean-Karl, Jean-Eric… tudo xará do Alesi.

  2. 27/01/2011 às 20:19

    ô Borgo, devo dizer que eu apoio essa sua causa de Jean-Eric Vergne na Indy tá? O Vergne.

    Já o Vernay acho legal. O nome dele todo rima. “Djei, quei, vernei”

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: