Início > indy > A longa praia californiana

A longa praia californiana

PEDROCK ROCK CITY – Manos, minas e afins, cá estamos, humildemente pedindo desculpas pela eterna espera pelo post, mas é que a vida anda corrida pra caramba (puta mentira), e eu nem tenho ligado muito o computador (aff, que cara de pau). Mas cá estamos, nem tão firmes, tampouco tão fortes, mas estamos aqui. E lá se foi a etapa de Long Beach da Indy, com vitória inédita, vitória de Mike Conway, que é a cara do Nick Lauda pós-acidente.  Também teve Castroneves errando e tirando as chances de vitória de Will Power. Ia bater no Helio por aqui, mas ele mesmo se bateu o suficiente — até mais que o merecido — portanto nada mais falarei. O cara provou que é cabra macho. E temos Franchitti na liderança do campeonato. Eta deus, diria a outra.

E vamos acompanhar a tradicional sequência de fotos da corrida, sempre com os créditos indo para o site oficial da Indycar, além da agência gringa Getty Images. (Precisam ver o charme e elegância que é ouvir Felipe Giacomelli falando Guérí Imeigis). Todas em alta resolução, é só clicar nelas e copiar tudo.


A largada foi tranquila, calando este que vos profere estas toscas palavras. Power manteve a ponta.


Raphael Matos lidera o pelotão do meião. A criançada deu bastante alegria para os torcedores longuebitchianos.


Danica Patrick foi bem e terminou a prova em uma ótima sétima colocação.


Marco Andretti fez cagada nos pits e fodeu a corrida de Sébastien Bourdais por tabela. Coitado do bom francês.

A cena mais ‘visada’ pelos fãs da Indy é Ernesto José Viso batendo. E é certa em todas as etapas. O cara é foda. É mais fácil terminar todas as provas sem bater do que terminar todas batendo. Parabéns, Ernestinho.


Castroneves não vai bem na temporada. Já é hora de começar a se preocupar. São 66 pontos de diferença para Franchitti, o líder da bagaça.


O DiabetesBoy  Charlie Kimball segue de acordo com minhas previsões. Lá no fundão. Mas a foto é bonitona, então tá valendo.


Mike Conway ganhou a primeira. E foi na estratégia. Um dos últimos a parar, não precisou economizar combustível e sentou a bota nas últimas voltas. Uma bela forma de estrear no alto do pódio.


É isso. Conway em primeiro, Briscoe em segundo e Franchitti em terceiro.

__

A próxima corrida é em São Paulo, no Anhembi. Nem sei se tem ingresso ainda. Se tiver, recomendo a ida. Nesse ano eu não vou. Boa corrida pra quem vai.

__

Mario Moraes, ex-piloto da Indy, andou tirando uma com o Ernesto José Viso, nosso novo bate-bate favorito (VOLTA MILKA). O brasileiro disse em seu tuíter, em inglês, algo como “como sempre, Viso batendo”, nessa linha. Mano, pelamor. O cara tá a pé, em três anos de Indy conseguiu apenas um terceiro lugar em Chicago, e tem um histórico homérico de batidas na categoria. Tá aqui o YouTube que não me deixa mentir sozinho.

__

Importante lembrar que as relargadas em fila dupla mudaram. Agora apenas as três primeiras filas — seis primeiro colocados — precisam estar lado a lado. O resto é em fila indianapolis.
__

Já sobre as apostas borguísticas, fui até que bem: acertei a pole novamente, além do Raphael Matos em 11º e o Marco Andretti em 26º. Apostei no Conway em segundo, mas ele venceu. =/

Anúncios
  1. Al Unser Jr.
    26/04/2011 às 07:57

    Diria o Visio: “Mario quien?”

  2. Al Unser Jr.
    26/05/2011 às 07:39

    Mórrrrrreu?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: